O Partido dos Trabalhadores aprovou resolução neste sábado em apoio à candidatura ao Planalto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2018.

A resolução adotada na reunião do Diretório Nacional do Partido, reunido na sexta-feira e neste sábado em São Paulo, convoca ainda seus filiados a contribuírem para uma “tática eleitoral” que permita a eleição de fortes bancadas parlamentares “de esquerda”, de forma a modificar o atual quadro conservador do Congresso Nacional.

“Chegamos ao ano eleitoral de 2018 com a candidatura do presidente Lula consolidada de tal forma que não pertence mais ao PT; pertence ao povo brasileiro. Cabe a nós defender a candidatura contra os ataques sistemáticos dos golpistas, que vão usar todos os meios para tentar impedir que o povo manifeste sua vontade nas eleições”, diz a resolução.

“A inédita celeridade com que o Tribunal Regional Federal da 4a Região marcou o julgamento é mais um casuísmo imposto ao Presidente Lula por setores do sistema judicial. Se ousarem condenar Lula, estarão comprovando a natureza política de todo o processo.”

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região marcou para o dia 24 de janeiro o julgamento de recurso do ex-presidente Lula na ação em que o petista foi condenado pelo juiz Sérgio Moro no caso do tríplex do Guarujá.

Lula 2018 vem liderando os cenários de disputas em pesquisas eleitorais.

This article has 3 comments

  1. Espero que estes juízes sejam mais inteligente do que o moro e jugue o caso wnocentando o ex presidente Luis inacio lula da silva cara homem e o neto o único que conserta nosso brasil.

    Responder
  2. O Lula tem que ser inocentado. Não tem provas do crime. Esse juiz merda com esses procuradores que o cordenaram por ódio e por estarem a serviço da Globo e do PSDB.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *